ia-empreendedores

Suporte ao cliente, IA e sua importância para os empreendedores

Os processos e dinâmicas do trabalho online dependem muito da satisfação do cliente. Com uma grande concorrência e um mercado saturado, esse foco é fundamental para o sucesso. Perceba como o suporte ao cliente pode ajudar um empreendedor e saiba qual é o papel da Inteligência Artificial nesse processo.

Você certamente está usando a Internet para a realização de várias atividades, sejam de lazer ou profissionais. Sabe, por isso, que o meio online está repleto de escolhas interessantes e válidas, que obrigam os usuários a fazerem uma triagem e seleção própria dos websites a utilizar.

Quando você escolhe um cassino online, por exemplo, você pode priorizar aspectos importantes como a segurança, o dinamismo, se oferece jogos como dados de cassino, para que possa jogar craps ou jogos de mesa para poder se inebriar com o blackjack, ou ainda se existe uma versão mobile para que tenha maior liberdade e jogue quando e onde quiser.

Ainda que possam parecer critérios muito específicos, a verdade é que esses se adaptam a todo o tipo de seleção virtual, sendo que a escolha de uma loja online ou de um prestador de serviços virtuais passará pelo mesmo tipo de critério.

O cliente do século XXI, apesar de estar do outro lado da tela, é mais difícil do que nunca, sendo que conquistar a sua atenção, convertê-lo e fidelizar sua ação pode ser complexo.

Dessa forma, quando um empreendedor define suas estratégias – e sendo que todo o sucesso depende de seus públicos e clientes – é essencial a adoção de estratégias de e-marketing que coloquem o cliente (e não o produto ou serviço) em primeiro plano.

Perceba melhor o papel do serviço de suporte ao cliente no processo e saiba como o IA está sendo integrado nesse processo.

ia-empreendedores

O papel do suporte ao cliente

O cliente do século XXI exige mais atenção do que qualquer outro, o que é motivado pelo fato de estar habituado a ter tudo, em qualquer local e a qualquer hora. Focado nas tendências e conhecedor do mercado, o cliente escolherá um serviço ou produto com base em elementos práticos e emocionais, sendo que o papel de qualquer empreendedor é apresentar-lhe elementos que coloquem sua loja ou espaço digital em destaque face aos demais.

Vários elementos distintivos podem ser adicionados a seu website e potenciar o maior interesse do cliente. Entre estes, um que tem uma grande importância, já que é um dos principais pontos de conexão e comunicação entre você e seus públicos, é o serviço de apoio ao cliente.

Hoje, o suporte ao cliente pode ser feito com recurso a várias estratégias, sendo que a comum apresentação de um email de contato foi já aprimorada, permitindo que os clientes possam também preencher formulários, contatar por live chat ou enviar uma mensagem via WhatsApp para empresas.
Essas ferramentas ajudam a marcar a proximidade e são, hoje, elemento fulcral para o sucesso.

O papel do IA

Poderá estar se perguntando, perante a importância do suporte ao cliente, qual é o papel do IA. Na verdade, os cassinos virtuais nos servem também de exemplo para isso!

Quando você escolhe um cassino online, é possível que valorize o fato de esse lhe apresentar um suporte de 24/7. Isso é: estar permanentemente em contato, caso tenha dúvidas, questões, dificuldades ou precise de ajuda.

Esse princípio é hoje permitido de várias formas, sendo que os recursos de IA estão em sua base, ao permitirem a automatização dos processos, com base em algoritmos e palavras-chave.

Hoje, a integração desse tipo de recurso inovador pode fazer a diferença entre o sucesso e o insucesso de uma empresa digital.

instagram-mobile

Como criar a biografia profissional perfeita para o Instagram

Criar uma biografia interessante e criativa no Instagram que chame a atenção do seu público deve ser uma prioridade para todas as marcas e influenciadores.

As melhores biografias do Instagram mostrarão a personalidade da sua marca, promoverão o seu negócio e convencerão as pessoas a segui-lo.

Neste artigo, consideraremos os elementos-chave de que você precisa para criar a melhor biografia do Instagram para sua marca. 

Use palavras-chave para o campo de nome

Se você clicar em Editar Perfil, o primeiro campo que você encontrará é Nome. Isso é diferente do seu nome de usuário, que forma a URL do seu perfil do Instagram (http://instagram.com/username) e dá a sua página de perfil o nome da marca.

O campo Nome, na verdade, compõe os primeiros 30 caracteres de sua biografia do Instagram e é a chave para ajudar no SEO do Instagram.

Quando as pessoas pesquisam no Instagram, as palavras no campo Nome são analisadas em busca de correspondências. Portanto, se você deseja ter uma boa classificação nas pesquisas de uma perspectiva de SEO do Instagram, é crucial usar palavras-chave relevantes para o seu nicho na seção Nome (não necessariamente o nome da empresa, como o título sugere).

Os emojis também podem ser pesquisados ​​e, portanto, também devem aparecer no campo Nome, se apropriado.

Escrevendo a biografia

Uma biografia do Instagram precisa causar um impacto no seu público. Tem que dizer às pessoas qual é o seu negócio, o que você faz e por que precisam de você. Ele também deve convencer as pessoas a não apenas segui-lo, mas também a concluir uma tarefa específica de sua escolha (como visitar seu site).

E como você só tem 150 caracteres para sua biografia (mais os 30 caracteres para seu nome do Instagram), esta não é uma tarefa fácil! Então, vamos dar uma olhada no texto que você deve incluir em sua biografia

  • Nicho ou serviço específico – Se você está em uma profissão ou nicho de mercado específico, ou é conhecido por oferecer um serviço específico, é importante deixar isso claro em sua biografia do Instagram para ajudá-lo a se conectar imediatamente com o público certo.

  • Habilidades e experiência – Compartilhar suas habilidades e experiência ajudará a apresentar um negócio profissional, construindo confiança com seu público-alvo e dando-lhes uma visão sobre o que você oferece.

  • Hobbies e interesses – se sua marca é baseada em você como indivíduo, construir um relacionamento com seus seguidores é fundamental. Compartilhe um pouco sobre quem você é – seus hobbies, interesses, valores e crenças – para parecer agradável e envolvente.

  • Use a voz da sua marca com um toque de humor – Usar a voz da sua marca é imprescindível, pois isso garantirá a consistência em suas redes sociais e permitirá que seu público o reconheça imediatamente. No entanto, um toque de humor adicionará um toque pessoal, tornando sua marca mais identificável.

Evidentemente, há muito a considerar ao escrever sua biografia do Instagram. Mas não terminamos aí. Vejamos outros elementos que você deve incluir para criar uma biografia eficaz.

Adicionar Emojis

Usar emojis em sua biografia do Instagram dará ao seu perfil uma sensação visualmente nova e divertida, ao mesmo tempo que ajuda sua marca a se destacar na multidão.

Emojis também ocupam menos espaço do que palavras, permitindo que você adicione informações extras sobre sua marca que a contagem de caracteres não permitiria com o texto.

Aqui estão algumas dicas para usar emojis em sua biografia do Instagram:

    • Seja criativo e experimente uma combinação de palavras intercaladas com emojis.
    • Use emojis para enfatizar pontos-chave em seu conteúdo ou como marcadores para dividir o texto e torná-lo mais fácil de ler.
    • Emojis deve sempre ser relevante para sua marca e agregar valor à sua biografia.

Não é uma boa ideia usar apenas emojis sem texto. Isso pode ser confuso para o seu público e é um desperdício de espaço precioso de promoção da marca.

E lembre-se, uma vez escolhidos, os emojis não são gravados em pedra. Brinque com diferentes emojis ao longo do tempo para ver o que se encaixa melhor com sua marca.

Use hashtags

Adicionar sua hashtag de marca à sua biografia é outra estratégia importante do Instagram. Isso ajudará não apenas a impulsionar o engajamento pós-publicação, mas também a criar uma comunidade em torno de sua marca.

Ao dar a seus seguidores uma maneira de compartilhar seu conteúdo com você e sua comunidade por meio de sua hashtag de marca, você criará rapidamente um hub interativo forte no Instagram.

Isso pode ajudar a promover seu negócio e permitir que sua marca alcance um público mais amplo.

Call to action

Sua biografia do Instagram é o lugar perfeito para adicionar uma frase de chamariz . Diga ao seu público o que você deseja que eles façam e, se possível, como fazê-lo. 

Por exemplo, peça ao seu público para segui-lo no Instagram ou em outros canais de mídia social. Se sua organização fornece um serviço, exiba seu e-mail para incentivar as pessoas a entrarem em contato para uma discussão ou cotação.

As lojas físicas devem incluir o endereço e o horário de funcionamento para que as pessoas possam encontrá-las e visitá-las facilmente.

Se você quiser que seu público abra uma página da web específica, peça que o façam e, em seguida, adicione o URL ao campo Site (abordado com mais detalhes a seguir).

Dê espaçamento e quebras de linha quando necessário

Às vezes, é difícil para as pessoas examinarem sua biografia quando ela contém uma grande quantidade de informações.

Quebrar sua biografia em uma lista ou formato de marcador com espaçamento organizado ajuda as pessoas a consumir as informações com facilidade.

Ter uma lista também permite que você inclua botões de call to action junto com sua biografia.

URL do site: como colocar um link em sua biografia do Instagram

O Instagram permite apenas um link clicável, que aparece na parte inferior da sua biografia. A maioria dos usuários do Instagram exibe o URL da página inicial de seus sites, o que faz sentido se o seu objetivo é direcionar o tráfego para o seu site.

No entanto, como seus objetivos de negócios e Instagram mudam com o tempo, o link de URL do seu site também deve mudar.

Considere criar um link para sua página de produto mais recente, uma página de destino para uma campanha de marketing recente, seu conteúdo de blog mais recente ou página de contato.

Existem muitas possibilidades aqui, então aproveite ao máximo o link em sua biografia do Instagram, alterando-o de acordo com seus objetivos de negócios.

Escolha uma foto de perfil

A etapa final neste processo é selecionar uma foto de perfil. A escolha óbvia para isso é o logotipo de sua marca, que você já usa em seu site, material de marketing e outros canais de mídia social.

Usar um símbolo identificável tornará mais fácil para o seu público-alvo reconhecê-lo. Isso também ajudará a aumentar o conhecimento de sua marca, garantindo que ela esteja constantemente visível em seu nicho nas redes sociais.

Destaques das histórias do Instagram

Instagram Stories Highlights é um dos recursos empolgantes que um grande número de marcas usa para diferentes fins, como promover seus produtos, lembrar as pessoas sobre o próximo evento, vislumbrar as atividades dos bastidores, enquetes / questionários e muito mais.

O Hubspot usa bem esse recurso para educar seu público de acordo com suas áreas de interesse e, em seguida, orientá-los com uma postagem no blog assim que acessarem a história.

A segmentação de usuários por Hubspot os ajuda a adquirir leads de qualidade. Se você é novo nos destaques de histórias do Instagram, siga as etapas mencionadas aqui para criar destaques de histórias para sua marca .

Outras estratégias que você pode experimentar

Fontes do Instagram

As marcas também podem experimentar algumas vezes usando fontes personalizadas do Instagram em suas biografias.

Eles podem usá-lo em algumas partes de sua biografia em ocasiões importantes, como anúncios de marcas, vendas / eventos, webinar, etc. para chamar a atenção imediata do usuário.

Existem muitas ferramentas disponíveis no mercado para aplicar essas fontes personalizadas com facilidade .

Símbolos do Instagram

Como as fontes do Instagram, as marcas podem facilmente copiar e colar sua escolha de símbolos em sua biografia do Instagram usando ferramentas como Cool Symbol .

Instagram Quotes

As marcas podem exibir citações famosas em suas biografias de vez em quando, o que os usuários podem gostar quando acessam sua página.

Anúncio de venda / evento / produto

A biografia do Instagram é um ótimo lugar para anunciar os eventos ao vivo que estão acontecendo e para anúncios futuros. Os fãs podem manter um registro da atividade que está acontecendo em seu final, apenas verificando sua biografia.

Estes são exemplos de biografias diferentes que você pode experimentar para obter uma excelente primeira impressão quando os visitantes acessarem sua página do Instagram.

Considerações finais sobre como criar uma biografia profissional no Instagram

Como você pode ver, há muitos elementos para criar uma biografia profissional no Instagram para sua marca.

No entanto, sua biografia do Instagram não precisa ser estática – agite um pouco. Experimente diferentes emojis, frases de chamariz, texto e muito mais.

Variando sua biografia de IG, você descobrirá a que seu público responde e o que funciona para seu negócio. Boa sorte!

a-biblia-do-marketing-digital

A Bíblia do Marketing Digital – Cláudio Torres

Sobre o livro “A Bíblia do Marketing Digital”

Vivemos em uma revolução digital, onde a internet conecta bilhões de pessoas de todas as idades e países. E lá, todos buscam informações, relacionamento e entretenimento, interagindo com tudo e com todos.

É nesse cenário em que precisamos evoluir. As características do público mudaram e a forma de pensar deles também. Por isso, assim como todo o resto, o marketing precisou tornar-se digital.

Publicado originalmente em 2009 e atualizado em 2018, “A Bíblia do Marketing Digital” traz tudo o que você precisa saber sobre o marketing no mundo digital. 

Em seus 14 capítulos e 351 páginas, a obra é um guia prático com informações valiosas para você utilizar a internet para os seus negócios, implementar ações de marketing de comunicação e criar uma estratégia de marketing viral.

Sobre o autor Cláudio Torres

Formado em engenharia eletrônica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e com mestrado em sistemas pela USP, Cláudio Torres ingressou na área do marketing a partir de uma pós-graduação na Suécia e vários cursos de especialização em países como Alemanha, Suíça e Inglaterra.

Hoje, atua como escritor, palestrante de marketing digital e consultor, sendo diretor do projeto The Digital Enablers, que auxilia as pessoas a atingir seus objetivos por meio da internet e tecnologias digitais.

Esse livro é indicado para quem?

O livro é indicado para você que trabalha com marketing, estuda marketing ou se interessa pelo assunto, pois aqui iremos destrinchar esse conceito de marketing digital e mostrar suas principais estratégias.

Ideias principais do livro “A Bíblia do Marketing Digital”

O livro traz um estudo completo do marketing digital, onde podemos destacar as seguintes ideias:

  • A Teoria Geral do Marketing Digital;
  • As 7 estratégias que vão te guiar para o sucesso no mundo da internet;
  • O que nos espera no futuro? Quais novas tecnologias vão trazer inovações para o ramo mercadológico?

Overview: Teoria Geral do Marketing Digital

O primeiro passo para entender a nova realidade do marketing digital é saber os conceitos que o formam e quais são suas características.

marketing digital surge a partir da utilização das mais diversas tecnologias como ferramentas para formular estratégias e alcançar melhores resultados. A partir dele, as marcas podem alcançar públicos muito mais abrangentes e, ao mesmo tempo, mais segmentados.

Cabe aos profissionais analisar e entender como utilizar tecnologias em prol do desenvolvimento das campanhas de divulgação do produto e da conversão em vendas.

Uma frase de Cláudio Torres que analisa bem a situação:

“As estratégias digitais devem ser construídas a partir de uma visão da internet e das tecnologias digitais como um ecossistema digital, composto de diversos agentes digitais, cada qual com um DNA digital próprio, que interagem entre si, e onde as pessoas, empresas ou marcas atuam por meio de suas identidades digitais, criando uma cultura digital própria.”

A partir desse trecho, podemos extrair os seguintes conceitos:

  • Agentes Digitais: são os sites, redes sociais, empresas online e outras ferramentas que irão permitir o desenvolvimento do marketing digital;
  • Ecossistema Digital: é o conjunto de todos os agentes e as formas como eles interagem entre si;
  • Identidade Digital: é quem nós somos no mundo digital, nossas contas e perfis em redes sociais, nossas interações, preferências de conteúdo e outras variáveis que irão definir nossas características no mundo da internet;
  • Cultura Digital:  pode ser o influenciador, que publica  sobre um tema ou mercado e torna-se influência no assunto; o colaborador, que trabalha para uma empresa e presta serviços para os quais foi contratado; e o especialista, que produz conhecimento e pode solucionar problemas;
  • Estratégias Digitais: são as estratégias que os profissionais de marketing precisam considerar quando forem atuar no ecossistema digital. A partir delas é possível criar um processo de melhoria contínua no decorrer da evolução do ecossistema digital.

Conhecendo esses conceitos, vamos nos aprofundar nas 7 estratégias do marketing digital a partir de agora, para que você, leitor, possa entender como utilizar a publicidade online no marketing de conteúdo.

Overview: As Sete Estratégias

“A Bíblia do Marketing Digital” define, analisando o comportamento do consumidor, que, quando acessamos a internet, estamos em busca de 4 atividades básicas: relacionamento, informação, comunicação e entretenimento.

Tendo como base essas 4 ações, são definidas 7 estratégias a serem seguidas e desdobramentos que permitirão atingir melhores resultados.

1. Fale: o conteúdo é essencial

“Falar significa adquirir o protagonismo e dizer algo para as pessoas.”

Para que uma empresa consiga vender, o público precisa saber que ela existe. Então, o primeiro passo é falar. 

É preciso falar sobre sua empresa, sua marca, seu produto e como você vai resolver os problemas do cliente. Só assim as pessoas saberão quem você é e entrarão no funil de vendas.

No marketing digital, isso é feito com conteúdo. E quando falamos de conteúdo, não falamos apenas do seu produto, mas sobre tudo que engloba essa área.

Trabalhe na criação de conteúdo, na divulgação por meio de mídias sociais e na otimização de buscas do Google, permitindo que seu conteúdo seja um dos primeiros resultados procurado pelo público.

E para falar mais e melhor, siga estas dicas:

  • Tenha um público alvo bem definido;
  • Faça um planejamento de conteúdo a ser divulgado, adequando-o de acordo com seu público;
  • Divulgue o conteúdo no seu blog e nas suas redes sociais;
  • Mantenha o conteúdo sempre atualizado e útil;
  • Monitore os resultados.

2. Interaja: Socialize com o público

“Interagir significa se conectar e atuar com outros compartilhando, conversando e intercambiando ideias.”

O conteúdo já está sendo oferecido, você já sabe o que falar para o consumidor, agora precisa interagir com ele. E a melhor forma de fazer isso é por meio de redes sociais.

Veja agora algumas dicas para otimizar essa interação:

  • Tenha perfis nas principais redes sociais e busque outras de acordo com as características da empresa;
  • Siga pessoas importantes para o seu negócio e crie networking;
  • Faça comentários e interaja com outros conteúdos;
  • Não utilize envios de mensagem em massa;
  • Reserve horários para trabalhar seu relacionamento com o público.

3. Conte: Relacione-se diretamente

“Contar significa expor uma ideia para um grupo de pessoas.”

Durante a interação, alguns clientes vão interagir mais e outros vão interagir menos. Assim, será possível criar um relacionamento mais próximo com uma parcela desses clientes, onde há um cadastro prévio em que a pessoa pode registrar seu e-mail ou telefone.

O relacionamento torna-se mais próximo e o cliente pode ser nutrido com conteúdos mais específicos como mail marketingnewsletters, promoções e lançamentos exclusivos.

Oferecendo esse conteúdo, os consumidores vão sendo guiados no decorrer do processo de venda, se aproximando do momento de conhecer melhor o produto e comprá-lo.

Para entender melhor, siga as recomendações a seguir:

  • Crie uma base de dados de e-mails;
  • Descubra os melhores dias e horários para enviar os e-mails;
  • Campanhas de indicação de amigos são ótimas para aumentar a base de contatos;
  • Envie mensagens interessantes, que causarão impacto, por exemplo, informativo periódico com novidades do seu negócio e sobre o mercado.

4. Impulsione: Atinja mais pessoas

“Impulsionar significa promover e aumentar o conhecimento de suas ideias, produtos e serviços.”

Quando falamos, interagimos e contamos, conseguimos impactar uma certa quantidade de pessoas, porém é crucial que um novo público possa ser atingido.

É nesse ponto que entra a impulsão, onde, por meio de publicidade, posts patrocinados, bannerspodcastssiteslinks patrocinados, redes sociais e Google Adwords, você pode difundir sua empresa e seus produtos para um grande número de consumidores online.

Vejamos agora algumas técnicas para uma melhor impulsão:

  • Crie campanhas que chamem atenção, com banners interativos que irão causar impacto no consumidor;
  • Tenha uma verba definida para publicidade;
  • Desenvolva vídeos sobre seu negócio;
  • Jogos online são uma boa forma de divulgar para o público jovem.

5. Espalhe: Viralize sua mensagem

“Espalhar significa distribuir sua mensagem incentivando que outros ajudem e façam o mesmo.”

Impulsionando você está fazendo publicidade, utilizando outros meios, enquanto espalhando você utilizará sua própria audiência para compartilhar sua mensagem. Isso é conhecido como efeito viral.

Se formos utilizar um termo mais conhecido, diríamos que temos que usar o boca a boca. Como abordamos no início desse overview, os usuários da internet possuem como uma atividade padrão o relacionamento.

Um cliente fala para um amigo, que fala para outro amigo, que compartilha na rede social e assim por diante.

O mundo digital potencializa o efeito viral e abaixo podemos ver algumas outras características:

  • Formule estratégias para atingir nichos de mercado que ainda não foram atingidos;
  • Pesquise por ações semelhantes feitas por empresas do mesmo ramo que você;
  • Faça brainstorm para desenvolver novas ideias de ações;
  • Preste atenção nos detalhes, eles são importantes para difundir a mensagem da melhor forma;
  • Aprenda com essa experiência para que a próxima possa ser melhor.

6. Busque: O conhecimento é uma vantagem competitiva

“Significa buscar informações e dados relevantes para a marca.”

Provavelmente você não está atuando sozinho no mercado, outras empresas existem oferecendo produtos semelhantes ou substitutos que podem afetar o seu resultado.

Estar em constante aprendizado para que possa oferecer conteúdos atualizados e conhecer seus consumidores, mercado e concorrentes, oferecendo sempre os melhores produtos e materiais, criando uma vantagem competitiva no mercado.

Agora, vamos ver alguns tópicos sobre isso:

  • Pesquise novas mídias e interaja com elas, vendo as melhores formas de utilizá-las;
  • Faça uma pesquisa de opinião e analise os resultados;
  • Utilize essa pesquisa e outros dados sobre a empresa, o mercado e os concorrentes para definir o diferencial competitivo da sua marca.

7. Rastreie: Analise seu resultado

“Rastrear significa obter e analisar dados que permitam entender o que ocorre”

marketing digital possui diversas vantagens que permitem o desenvolvimento da empresa. Uma delas é a análise de resultados.

Rastrear e medir os resultados alcançados com as campanhas de marketing é uma ação estratégica que vai possibilitar analisar o desempenho alcançado e os desdobramentos das ações efetivadas.

É muito importante que o resultado de vendas seja analisado, para que você possa entender não só sobre a atração de novas oportunidades, mas a conversão delas em novos clientes.

Cláudio Torres apresenta os seguintes passos rastrear seus resultados:

  • Utilize o Google Analytics, que permite monitorar as páginas do seu site;
  • Sempre defina quais serão as variáveis avaliadas em cada campanha;
  • Estabeleça uma periodicidade para analisar os dados da campanha;
  • Ao final, faça um estudo geral dos dados e veja o que pode ser melhorado para a próxima campanha.

Overview: O Futuro do Marketing Digital

“A Bíblia do Marketing Digital” cita 4 tecnologias promissoras que precisamos estar preparados para utilizar no futuro e melhorar ainda mais a forma como utilizamos o marketing digital:

Blockchain

Essa é uma tecnologia que promete mudar muitas coisas no nosso cotidiano. O Blockchain é uma tecnologia que permite gerar registros criptografados e hoje é utilizado principalmente para criptomoedas, como Bitcoin.

Inteligência Artificial

A inteligência artificial também possui um amplo portfólio de possibilidades. Cláudio Torres pontua a importância da sua aplicação no uso de assistentes virtuais, que poderão atuar no atendimento ao cliente por meio de chats e no reconhecimento de padrões, classificando documentos e reconhecendo produtos, por exemplo.  

Internet das Coisas

Esse é o termo que define a integração de diversos dispositivos por meio da internet, permitindo a comunicação integrada entre tudo e todos.

Imagine a seguinte situação: o leite acabou na sua casa, sua geladeira percebeu a falta e já realizou a compra no mercado, que entrega o leite na sua casa e você nem mesmo percebeu que o leite havia acabado.

Pois isso também vai afetar o ramo do marketing digital, e nós precisamos estar preparados.

Realidade Aumentada

A realidade aumentada mistura imagens virtuais com o ambiente real. Ainda é uma tecnologia embrionária, mas que promete se desenvolver e conquistar uma fatia considerável do mercado, permitindo criar uma experiência diferenciada para os clientes.

O que outros autores dizem a respeito?

No livro “Marketing 4.0“, de Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan, os autores trazem a importância de estarmos sempre atentos às mudanças no mundo digital e como isso afeta o marketing.

Estando completamente alinhado com o pensamento de Cláudio Torres sobre a importância da Internet para o marketing, Seth Godin, autor do livro “This Is Marketing“, explica que a internet mudou as regras do jogo.

Já Jay Conrad Levinson, na sua obra “Marketing de Guerrilha“, apresenta uma forma de gerar mais impacto no marketing com custos menores. Para isso, ele sugere os meios digitais como essenciais na divulgação da marca e do produto, utilizando ferramentas como mail marketing, por exemplo.

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

Após ler essa bíblia e absorver todos os seus ensinamentos, precisamos colocá-los em prática. Para isso, temos que dar o primeiro passo rumo ao mundo digital.

  • Pesquise: a pesquisa é essencial para te dar o embasamento necessário para começar essa nova empreitada;
  • Planeje de forma integrada: una todas as estratégias estudadas e forma uma macroestratégia de marketing digital que englobe todas elas;
  • Foque na melhoria contínua: esteja aberto a feedbacks para sempre obter melhores resultados;
  • Lembre das pessoas: o mundo é digital, mas as pessoas ainda fazem parte dele e são o ponto principal a ser considerado;
  • Parta para a ação! Não espere amanhã, pois amanhã já existirão novas tecnologias para implementarmos.
how-to-fix-common-wordpress

Como corrigir conflito de WordPress 5.5 jQuery

Atualizar para a versão mais recente e melhor do WordPress é essencial para proteger seu site contra hackers . No entanto, algumas atualizações podem causar problemas com plug-ins e temas de terceiros – o que é exatamente o caso da atualização recente do WordPress 5.5.

 

Um conflito de jQuery no WordPress 5.5 tem o potencial de quebrar cerca de 2.400 plug-ins do WordPress e cerca de 250 temas . Felizmente, você não precisa escolher entre segurança e continuar a usar seus temas e plug-ins favoritos.

 

Se você está tendo problemas após atualizar para o WordPress 5.5, mostraremos como testar se jQuery é o culpado. Em seguida, compartilharemos quatro maneiras de resolver esse problema no WordPress. Temos muito o que abordar, então vamos começar!

 

Por que o WordPress 5.5 está quebrando alguns temas e plug-ins

 

Antes do lançamento 5.5, o WordPress estava incluído na versão 1.12.4 da biblioteca jQuery JavaScript . Esta versão foi lançada em 2016 – apenas para colocar as coisas em perspectiva, esta versão do jQuery era compatível com o Internet Explorer 6, 7 e 8.

 

Como tal, a equipe do WordPress iniciou recentemente o processo de atualização da versão do jQuery que vem junto com o WordPress. Quando você atualiza para o WordPress 5.5, a ferramenta jQuery Migrate não é mais habilitada por padrão.

 

Infelizmente, essa transição não foi direta, pois alguns temas e plug-ins do WordPress ainda dependem de scripts jQuery mais antigos. Para temas e plug-ins que executam código mais antigo, essa alteração pode causar comportamentos inesperados. A comunidade WordPress até relatou problemas com plug-ins populares, como o Editor Clássico .

 

Mesmo que um tema seja compatível com o WordPress 5.5, há uma chance de que ele ainda encontre problemas se possuir um plugin que executa código desatualizado. Por exemplo, muitos temas premium são empacotados com plug-ins de construtor de página. Mesmo que o tema em si não exige jQuery Migrate, os usuários podem ainda encontrar problemas se o construtor de página empacotado faz exigem esse recurso.

 

Estima-se que cerca de 250 temas são diretamente afetados por esta atualização do jQuery Migrate. No entanto, plug-ins agrupados podem estar causando problemas com muito mais temas do WordPress.

 

Por que o WordPress resolveu o problema do jQuery agora

 

jQuery tem sido um assunto polêmico na comunidade WordPress. A decisão de desativar o jQuery Migrate é o culminar de um tíquete que o committer principal do WordPress Aaron Jorbin criou há quatro anos. Neste bilhete, ele propôs a migração WordPress para o ramo jQuery 3.x .

 

Esse problema de migração do jQuery forçou colaboradores, desenvolvedores e usuários do WordPress a equilibrar a segurança e a compatibilidade com versões anteriores. Atualizar para a versão mais recente do jQuery ajudaria a fechar brechas de segurança e proteger sites WordPress contra hackers . No entanto, muitos temas e plug-ins dependem de versões mais antigas do jQuery.

 

jQuery também está incluído no front-end de muitos sites, especialmente sites que oferecem suporte a versões mais antigas do Internet Explorer. Para manter a compatibilidade retroativa com esses navegadores mais antigos, o WordPress não poderia simplesmente mudar para a versão mais recente do jQuery durante a noite.

 

Um patch contendo uma versão mais recente do jQuery e do jQuery Migrate foi criado em 2018. No entanto, essa atualização potencial causou problemas com o núcleo do WordPress, particularmente os menus do Customizer . Também houve algum debate sobre se o WordPress deveria mudar para o Vanilla JS para o núcleo do WordPress e dar aos desenvolvedores a opção de carregar o jQuery 3.0 se necessário.

 

Eventualmente, foi decidido remover o jQuery Migrate 1.x no WordPress 5.5. Isso daria aos desenvolvedores de plugins e temas e proprietários de sites algum tempo para se prepararem para a eventual migração. No entanto, era geralmente aceito que alguns problemas eram inevitáveis.

 

“Não importa como abordemos isso, isso causará ondulações”, escreveu o principal contribuidor do WordPress, Marius. “O jQuery está no núcleo há tanto tempo que é realmente uma questão de arrancar o curativo, como dizem, ou nunca atualizar e se comprometer com isso.”

 

Depois de quatro anos de debate, os colaboradores do WordPress decidiram que o curso de ação menos perturbador seria uma abordagem em três etapas. Essa abordagem começou removendo o jQuery Migrate 1.x no WordPress 5.5.

 

Como o WordPress respondeu ao problema

 

Antes do lançamento 5.5, a equipe do WordPress discutiu a identificação de todos os plug-ins e temas que seriam adversamente afetados pela migração do jQuery. Eles poderiam então contatar esses desenvolvedores diretamente e avisá-los sobre as mudanças futuras. No entanto, o contribuidor principal Gal Baras apontou que nem todos os desenvolvedores de plugins e temas do WordPress hospedam seus projetos no repositório oficial do WordPress.

 

“Apesar da grande variedade de plug-ins e temas no repositório, vamos ter em mente aqueles disponíveis em outras fontes, cujos autores não podem ser contatados por e-mail como os autores do wp.org. Especificamente para temas, eu diria que essa é a maioria dos sites por aí ”, disse Gal.

 

A decisão de remover o jQuery Migrate 1.x foi anunciada em junho no Make WordPress Core . Em um esforço para preparar a comunidade, a equipe do WordPress também compartilhou links para alguns recursos úteis. Esses recursos incluem um Guia de atualização do jQuery Core 3.0 e um Guia de atualização do 3.5 .

 

Desde o lançamento, os principais colaboradores do WordPress têm se envolvido ativamente com a comunidade. Isso incluiu solicitar feedback sobre sua abordagem para atualizar o jQuery. Eles também discutiram abertamente se a equipe deve progredir com a migração do jQuery conforme planejado ou ir mais devagar. No momento da redação, o consenso era que uma decisão deveria ser tomada mais adiante.

 

O WordPress também lançou o 5.5.1 , que abordou alguns dos problemas de jQuery que a comunidade estava enfrentando. Em particular, o WordPress 5.5.1 introduziu uma correção para variáveis ​​que não estavam sendo localizadas .

 

Erro de execução de JavaScript do WordPress 5.5

 

Além do conflito do jQuery, no WordPress 5.5 alguns objetos JavaScript foram removidos sem se tornarem obsoletos. 

 

O fundador da Yoast, Joost de Valk, e o diretor de tecnologia (CTO) da Yoast, Omar Reiss, criaram uma planilha do Google detalhando o impacto que esses objetos terão nos vários temas e plug-ins. No entanto, o WordPress 5.5.1 adicionou um ‘preenchimento’ para os globais afetados que evitou mais erros de JavaScript. Se o seu site depende de um tema ou plugin afetado, você deve atualizar para 5.5.1 o mais rápido possível.

 

Ao redeclarar esses globais em 5.5.1, o WordPress deu aos desenvolvedores de tema e plug-in mais tempo para atualizar seu software. No entanto, o WordPress atualmente planeja remover esse código substituto no WordPress 5.7, então é apenas uma correção temporária.

 

Como diagnosticar erros de JavaScript

 

Se você está encontrando um comportamento estranho após atualizar para o WordPress 5.5, pode verificar se o problema está relacionado a um conflito de jQuery, usando um kit de ferramentas como o Chrome DevTools . Embora nosso exemplo abaixo use o Google Chrome, a mesma funcionalidade é encontrada em todos os principais navegadores.

 

Você pode acessar o Console clicando no ícone do menu de três pontos no canto superior direito do Chrome. Em seguida, selecione Mais ferramentas> Ferramentas do desenvolvedor .

Se o console não abrir automaticamente, você deve selecionar a guia Console . Como alternativa, você pode ir direto para o painel do Console, usando o atalho de teclado Command + Option + J no macOS e Control + Shift + J no Windows e Linux.

 

Se o console não exibir um erro, tente recarregar a página – alguns erros são gerados apenas quando a página é carregada.

 

Se o console exibir um erro, você pode ver mais informações selecionando o link que acompanha o erro. O console deve exibir o tipo de erro, a localização do erro e o número da linha.

Se você encontrar uma mensagem Uncaught ReferenceError , selecione-a – isso deve abrir uma nova tela contendo uma mensagem de erro. Para saber mais sobre esse erro, clique no ícone de X vermelho que o acompanha.

 

Ao revisar cuidadosamente todas as informações, você poderá diagnosticar o que está causando o erro. Se não tiver certeza sobre um erro específico, você pode tentar inserir o texto do erro em um mecanismo de pesquisa. Como alternativa, você pode postar a mensagem de erro completa em um site de perguntas e respostas com foco em tecnologia, como Stack Overflow .

 

Como mencionamos, você também pode verificar se há erros usando o Console da Web do Firefox  ou o Microsoft Edge DevTools . No entanto, se estiver usando o Safari, você precisará habilitar as Ferramentas do Desenvolvedor antes de solucionar os problemas de instalação do WordPress.

 

Na barra de ferramentas do Safari, selecione Safari> Preferências> Avançado e selecione Mostrar menu de desenvolvimento na barra de menus. Agora você pode abrir a página em que está encontrando o problema e selecionar Desenvolver> Mostrar console de erro na barra de ferramentas do Safari.

 

4 maneiras de resolver um conflito de jQuery

 

Se você verificou que um conflito de jQuery está causando problemas com o seu site, existem etapas que você pode seguir para resolver esses problemas. Vamos examiná-los agora.

 

1. Atualize todos os seus temas e plug-ins

 

Desde o lançamento do WordPress 5.5, os desenvolvedores de temas e plugins têm trabalhado arduamente para atualizar seus softwares. Se você estiver executando um tema ou plugin desatualizado, pode estar encontrando um problema que já foi corrigido.

 

Para verificar se há atualizações disponíveis, faça login no painel do WordPress e selecione Atualizações . A partir daqui, você pode (é claro) atualizar todos os seus temas e plug-ins.

 

Se você instalou uma ou mais atualizações, verifique se isso resolveu o seu problema. Nosso conselho é tentar replicar o problema original ou, se você souber como procurá-lo, solucione o problema de seu site usando um kit de ferramentas como o Chrome DevTools.

 

2. Entre em contato com o desenvolvedor

 

Se você instalou a atualização mais recente e ainda está encontrando problemas, entrar em contato com o desenvolvedor do tema ou do plugin é uma boa ideia. É possível que o desenvolvedor não saiba do conflito do jQuery ou esteja planejando lançar uma atualização.

 

Se você baixou o tema ou plug-in do diretório oficial de plug-ins do WordPress, verifique a lista do plug-in. Essas listas geralmente incluem informações sobre sites, fóruns ou perfis de mídia social onde você pode entrar em contato com a equipe por trás do plugin ou tema em questão. Às vezes, essas listagens podem até conter os detalhes de contato direto do desenvolvedor.

 

Como alternativa, alguns desenvolvedores optam por incluir suas informações de contato no nível do código. Se você baixou o tema ou plugin para o seu computador, tente descompactar a pasta e procurar um arquivo que contenha os detalhes do desenvolvedor. O arquivo README geralmente é um bom lugar para começar. Esses arquivos geralmente contêm os nomes dos principais contribuidores ou o processo de contato com o suporte.

 

Ao entrar em contato com o desenvolvedor sobre os problemas que você está enfrentando, inclua o máximo de informações possível. Se você explorou o erro usando um kit de ferramentas como o Chrome DevTools, é uma boa idéia compartilhar esses dados com o plugin ou desenvolvedor do tema.

 

3. Verifique se o plugin ou tema não é mais mantido

 

Muitos plug-ins e temas são projetos apaixonados, em vez de empreendimentos comerciais. Quando um projeto é liderado por uma equipe muito pequena ou um único desenvolvedor, sempre há uma chance de que o projeto perca o ímpeto e pare de ser mantido, ou até mesmo abandonado.

 

O diretório oficial de plug-ins do WordPress exibe a data em que cada tema e plug-in foram atualizados pela última vez. Diferentes tipos de software requerem atualizações mais frequentes do que outros. No entanto, se um plugin ou tema não for atualizado dentro de seis meses, você deve abordar com cuidado.

 

Se um plugin ou tema tiver presença em um site ou mídia social, você também pode verificar se há atividades recentes. Tweets recentes ou um blog atualizado regularmente sugere que o tema ou plugin ainda está em desenvolvimento ativo.

 

Se você suspeitar que o tema ou plugin foi abandonado ou não é mais mantido, a solução é encontrar um que esteja sendo desenvolvido ativamente. Quase todas as vulnerabilidades do WordPress estão relacionadas a plug-ins , por isso é sempre uma boa ideia substituir temas e plug-ins não mantidos , independentemente dos conflitos do jQuery.

 

4. Use o plugin jQuery Migrate

 

Se você estiver enfrentando conflitos de jQuery relacionados à atualização 5.5, o WordPress tem sua própria solução temporária – o plugin Enable jQuery Migrate Helper . Se você precisar continuar usando um plugin ou tema que está causando conflitos no jQuery, este plugin fornece uma correção compatível com versões anteriores.

 

Essencialmente, ele reativa o script de migração para o seu site e dá ao desenvolvedor do tema ou do plugin algum tempo extra para atualizar o software.

 

Enquanto, o plugin auxiliar Enable jQuery é projetado para rodar em produção – isto é, em um site ativo – ele não corrige o que está quebrado pela atualização do WordPress 5.5. Como tal, você deve tratar este plugin como uma correção temporária, ao invés de uma solução permanente.

 

Preparando-se para WordPress 5.6 e além

 

Desativar o jQuery Migrate é a primeira etapa nos planos de três etapas do WordPress para jQuery. De acordo com Andrew Ozz, um dos desenvolvedores líderes, o WordPress planeja “provisoriamente” atualizar para a versão mais recente do jQuery e jQuery User Interface (UI) 1.12.1 no WordPress 5.6 . A versão mais recente do jQuery Migrate também será adicionada como parte do lançamento do WordPress 5.6.

 

O objetivo final é remover totalmente a dependência do jQuery Migrate. Portanto, no WordPress 5.7, a equipe planeja remover o jQuery Migrate, embora atualmente não esteja agendado para lançamento até 2021.

 

A longo prazo, Andrew Ozz sugeriu que o WordPress pretende mover a seção de administração para o JavaScript vanilla. “Há muito código para migrar, então vai demorar um pouco”, disse ele. Ele também confirmou que as bibliotecas e plug-ins jQuery permanecerão disponíveis para enfileirar por meio do Script Loader, a fim de manter a compatibilidade com versões anteriores.

 

Como preparar seu site WordPress para o futuro

 

Para evitar problemas no futuro, você deve começar a preparar seu site para WordPress 5.6 e 5.7 agora. Você pode testar como seu site funciona em vários ambientes jQuery, usando o plug-in Test jQuery Updates.

 

No WordPress 5.6, o plano atual é atualizar para a versão mais recente do jQuery e jQuery UI, mas deixar o plugin jQuery Migrate habilitado. Para testar esta configuração, navegue até Plugins> Testar atualizações do jQuery .

 

Agora você pode alterar a versão do jQuery para 3.5.1 e alterar a UI do jQuery para 1.12.1 . Você também deve garantir que o jQuery Migrate esteja definido como Enabled .

 

Agora, coloque seu site à prova. Se você encontrar qualquer comportamento inesperado, pode solucionar esses problemas usando um kit de ferramentas como o Chrome DevTools.

 

Para o lançamento do WordPress 5.7, a equipe planeja remover o jQuery Migrate. Para testar seu site neste ambiente, você deve definir jQuery Migrate como Disabled . Você também deseja definir a versão do jQuery e a interface do usuário do jQuery para a versão mais recente disponível.

 

Agora você pode testar seu site para quaisquer problemas ou erros. Se você experimentar o plugin Test jQuery Updates, lembre-se de restaurar as configurações padrão do plugin depois de terminar o teste. Como alternativa, você pode desativar ou excluir este plug-in se não for mais necessário.

 

Conclusão do conflito do WordPress jQuery

 

conflito do WordPress jQuery pode causar problemas com milhares de temas e plug-ins de terceiros. Se você estiver tendo problemas após atualizar para 5.5, existem etapas que você pode seguir para resolvê-los:

  1. Verifique se você tem a versão mais recente de todos os temas e plug-ins.
  2. Contate o desenvolvedor sobre quaisquer conflitos de jQuery que você encontrar.
  3. Considere se o tema ou plugin foi abandonado.
  4. Reative o script de migração, usando Enable jQuery Migrate Helper .

 

Se você estiver preocupado com as atualizações do WordPress ou tiver conflitos com seus plug-ins e temas, seu provedor de hospedagem na web pode oferecer suporte. Na A2 Hosting, todos os nossos planos oferecem suporte 24 horas nos sete dias da semana como padrão . Você pode acessar o suporte via chat ao vivo, e-mail ou telefone, e todas as solicitações de suporte são tratadas por nossa equipe selecionada de especialistas em WordPress.

como-ganhar-dinheiro-na-internet

8 maneiras de ganhar dinheiro como um nômade digital

Se você for como eu, você tem sede de viajar. Você busca pastagens mais verdes em destinos longínquos. Você vive para viajar. E seu laptop e telefone são seu escritório. Pensamentos de praias de areias brancas açucaradas e águas turquesa cintilantes acenam e chamam seu nome. Claro, parece atraente se tornar um nômade digital, não é? Mas, o que é preciso?

Bem, se você quer vagar livre como um pássaro , você não está sozinho. Um estudo recente do New York Times descobriu que a maioria das indústrias está adotando o trabalho remoto. Agora, isso não significa que você precisa ser autônomo. Muito pelo contrário. Você pode, de fato, se tornar um nômade digital enquanto trabalha para outra empresa.

No entanto, a maioria dos nômades digitais trabalham por conta própria. Eles tomam as decisões. Freqüentemente, eles são profissionais de marketing experientes na Internet. Eles criam funis de vendas e veiculam anúncios no Facebook. Eles vivem e respiram para ganhar dinheiro online. Eles estão constantemente crescendo e expandindo seu conjunto de habilidades para reforçar seus estilos de vida nômades.

Para muitos, parece um empreendimento atraente, mas também assustador, que exige que coloquem muito em risco. E se você não puder pagar suas despesas? E se você ficar sem dinheiro enquanto estiver em algum país estrangeiro? E se sua carteira, computador ou telefone for roubado? Como você evita todas as armadilhas potenciais associadas a ser um nômade digital?

A verdade é que sempre haverá algum risco associado a ser um nômade digital. Você não pode esperar sair sem riscos. Mas, se você é um daqueles caras ou garotas que foge das calças, então não há nada mais estimulante ou mais recompensador do que viajar pelo mundo como um nômade digital.

Você consegue viver entre um conjunto diversificado de culturas ao redor do mundo. Para experimentar a vida de uma maneira nova e emocionante. É para quem valoriza a aventura em vez da certeza. Há pouco tédio ao viajar como um nômade digital. Na verdade, não há nada melhor do que esse estilo de vida nômade.

Como você ganha dinheiro como um nômade digital?

 

Ok, então seu coração está determinado no estilo de vida nômade. Isso é ótimo. Mas, como você realmente fará isso? Se você quer se tornar um nômade digital , o caminho a seguir é simples. Você precisa lidar com duas coisas:

 

Sua dívida e despesas: Se você está muito endividado, achará difícil se tornar um nômade digital. A carga sobre seus ombros é muito alta e se você ficar sem renda por uma semana ou meses, terá dificuldade em manter a cabeça acima da água. Você precisa lidar com sua dívida primeiro. Pague dobrando os pagamentos mínimos dos empréstimos com taxas de juros mais altas ou cartões de crédito até que sejam liquidados e, em seguida, passe para os próximos.

 

Sua renda: de onde virá o seu dinheiro durante as viagens? O que acontece se você não conseguir encontrar trabalho que o ajude a cumprir suas obrigações. Ou, e se você ficar preso em um país estrangeiro em algum lugar sem receita de backup? Então o que? Claro, a maioria dos nômades digitais pode jogar a cautela ao vento. Mas você vai querer estar preparado. Você precisa administrar sua renda para chegar lá.

 

Se sua dívida e despesas forem administradas, você precisa se concentrar em sua receita. Como vai o dinheiro entrar? O objetivo? Concentre-se na renda passiva quando puder. Mas, você também precisa diversificar. Você não pode contar com uma única fonte de renda. Você precisa de vários fluxos. Para fazer isso, você precisa encontrar as atividades certas de geração de dinheiro que você pode realizar todos os dias.

1. Publique um e-book.

Provavelmente, uma das minhas ideias favoritas de renda passiva é publicar um e-book. Você pode usar Amazon ‘s Kindle direto Publishing plataforma para fazer isso. Você também pode criar um livro para impressão sob demanda correspondente a partir desse e-book. Também na Amazon. Diretamente por meio do KDP ou em sua plataforma Create Space . Assim que seu e-book estiver no ar, você também pode convertê-lo em um audiolivro usando a plataforma ACX para publicá-lo no Audible.com .

2. Comece um blog.

Outra grande fonte de renda passiva é começar um blog . Se você entende a mecânica do marketing online e faz isso corretamente, pode criar um blog que continuará a gerar receita mesmo que você não esteja fazendo nenhum trabalho. Quanto mais nicho você escolher com seu blog, melhor. Pesquise oceanos azuis. Não os vermelhos. Considere o fato de que você eventualmente desejará lançar produtos digitais que gerem muito dinheiro com o que quer que esteja blogando.

3. Junte-se à economia do gig.

Você sempre pode oferecer serviços na economia de gig. Dependendo de onde você está localizado, isso se traduz em coisas como dirigir para empresas de carona, entregar pacotes ou simplesmente usar um site como o Fiverr para fazer pequenos shows que podem ser facilmente concluídos. Não estamos falando de cirurgia cerebral aqui. E se você estiver em apuros, isso pode apenas ajudá-lo.

4. Fornecer serviços profissionais.

Possui habilidade profissional? Se você é um designer gráfico, programador, advogado, contador ou tem alguma outra habilidade profissional, pode monetizar isso usando uma série de sites. Do Upwork ao Freelancer e outros, você pode aproveitar as vantagens da vasta Internet para disponibilizar seus serviços para que outras pessoas os comprem.

5. Crie cursos online.

Outra grande fonte de renda passiva é a criação de cursos online. Dependendo do seu conjunto de habilidades, você pode criar cursos online em uma variedade de áreas. Você pode ensinar praticamente qualquer coisa. Tudo se resume a quão bem você estrutura o curso e o funil de vendas real associado a ele. Ou você pode ir com um site como o Udemy, onde não precisa se preocupar muito com o lado de vendas e marketing das coisas.

6. Ensine Inglês

Ok, você sempre pode optar por ensinar inglês se realmente ficar preso em algum lugar durante suas viagens e estiver em uma verdadeira situação para sobreviver. Isso é menos simples, pois você terá que entrar em contato com as escolas locais onde poderá oferecer seus serviços. No entanto, não espere ganhar muito. Você verá os salários locais aqui. Se você está em um país em desenvolvimento, não vai custar muito dinheiro.

7. Marketing de mídia social.

Todo mundo precisa de marketing de mídia social nos dias de hoje. Você pode facilmente ganhar uma vida substancial ajudando as pessoas em seus esforços de marketing de mídia social. Isso é especialmente verdadeiro se você estiver viajando para países menos caros, onde o custo de vida é geralmente mais baixo. No entanto, você precisará saber o que está fazendo se quiser ajudar outras pessoas em seus esforços de mídia social. Mas encontrar clientes não deve ser muito difícil.

8. Tutoria virtual.

Você tem uma habilidade específica para ensinar que funcionaria virtualmente para tutoria? Você pode ensinar quase tudo pelo Skype. Isso funciona especialmente bem para o ensino de línguas ou matérias na escola ou até mesmo, às vezes, um instrumento musical. Você pode pesquisar empregos de tutoria virtual em lados como o Even e muitos outros.

tendencia-digital

Seu negócio está pronto para avançar na tendência digital?

Alcançar o sucesso em qualquer coisa na vida costuma estar associado à mentalidade de sobrevivência do mais apto. Embora essa noção tenha algum mérito, o exprofessor de negócios da LSU , Leon C. Megginson, escreveu em 1963: “Não é o mais forte nem o mais inteligente das espécies que sobrevivem. São aqueles que são mais adaptáveis ​​à mudança.”  Se alguma vez houve uma citação mais adequada para navegar pela paisagem de hoje, é esta.

Durante anos, a necessidade de conteúdo identificável teve uma trajetória ascendente, pois os consumidores são muito mais experientes – e cautelosos – com o conteúdo patrocinado. Tendo sido uma ferramenta de marketing poderosa por algum tempo, os influenciadores estão ganhando mais força durante a era da Covid simplesmente porque podem criar um senso de comunidade. Responder mensagens, opinar sobre produtos e participar de chats ao vivo … sua acessibilidade os diferencia dos métodos tradicionais de marketing. Sem mencionar que eles têm o bem mais precioso – a confiança.

“Muitas vezes, vejo influenciadores e celebridades se alinharem com marcas que nunca usariam, e isso inerentemente causa desconfiança entre os consumidores”, disse Alex Dermer, cofundador da Get Engaged (uma empresa de marketing de mídia de serviço completo com sede na Geórgia) mim. “Normalmente, as empresas precisam ligar para uma agência e passar por um longo processo de apresentação de uma oferta na esperança de conseguir um indivíduo de alto nível interessado em endossar uma marca ou produto. O que nos diferencia, é que a nossa empresa foi criada por relações de ambas as partes – com o talento e as marcas. Ter uma compreensão pessoal do talento e acesso direto a todas as partes envolvidas nos dá uma vantagem na seleção dos influenciadores certos e na criação de campanhas autênticas. Quando o conteúdo parece orgânico e parece pertencer a ele, os clientes obtêm maiores retornos sobre seus investimentos ”.

Os influenciadores são excelentes comunicadores e, por meio de seu conteúdo realista, estabelecem relacionamentos leais com seus seguidores. É seguro dizer que sua credibilidade e autenticidade são o que lhes permite motivar as vendas de produtos. “As pessoas são espertas e não querem sentir que estão sendo vendidas. Especialmente em nosso mundo consciente de vírus, as empresas precisam perceber isso ou se tornam irrelevantes ”, enfatiza Cam Fordham, outro cofundador da Get Engaged. “Ser capaz de entender o marketing da perspectiva do consumidor nos ajuda a ficar à frente da concorrência.”

O comportamento do consumidor está mudando e a publicidade está seguindo o exemplo

Sem surpresa, estamos testemunhando algumas das maiores tendências de marketing da história. Os dias de outdoors cativantes e fotos brilhantes podem eventualmente desaparecer no fundo, já que nossas vidas estão mais interligadas com a Internet do que nunca. Com os pedidos de permanência em casa rotativos, as pessoas recorreram às redes sociais e às compras online não apenas por necessidade, mas para se manterem sãs. É evidente que o nascimento da Covid acelerou o futuro do marketing digital e do e-commerce .

Não é segredo que, desde o início dos tempos, os consumidores querem que as marcas os tratem como amigos. O que mudou é, bem, basicamente tudo. Com o nível de estresse em alta, as pessoas buscam mais interação e diálogo com as marcas que escolhem. O marketing digital oferece exatamente isso. Ao contrário de sua contraparte de publicidade tradicional, o digital oferece uma conversa bidirecional que tem a capacidade de se tornar parte da vida do consumidor

“Antes considerada uma venda difícil no passado, a maioria das empresas abraçou o marketing online, pois o comportamento do consumidor mudou rapidamente”, disse-me Fordham. “Aplicativos como TikTok e Triller permitem que as empresas tenham acesso direto à Geração Z, que responde por 40% dos gastos do consumidor. A mídia social é definitivamente o outdoor ou televisão da próxima geração.”

transformacao-digital

Entenda a transformação digital

Uma introdução ao quê, porquê e como fazer a transformação digital, abrangendo exemplos e 5 desafios principais a superar

Estamos trabalhando em uma era em que o desenvolvimento da tecnologia excede as capacidades das empresas para gerenciar os desafios criados pela tecnologia.

Novas plataformas, aplicativos e ferramentas estão surgindo diariamente e, à medida que o fazem, clientes, prossumidores e guerreiros do teclado estão adotando a tecnologia, falando sobre negócios e marcas, compartilhando feedback e fixando imagens do que compraram.

Perda de Controle?

Os profissionais de marketing e marcas perderam o controle para sempre. Freqüentemente, testemunhamos empresas bem conhecidas gerenciando conversas com clientes de forma muito pública. E nem sempre é positivo.

Algumas empresas fizeram uma transformação total para o digital. Eles adotaram as ‘novas mídias’ em um estágio inicial, ouviram os clientes e têm estratégias digitais totalmente integradas em seus negócios. Os exemplos incluem RS Components que perceberam que precisavam criar sua própria comunidade de clientes e criaram o Idea Spark , um fórum para engenheiros que fornecem autoajuda, recomendações e novas idéias de produtos.

Compreender os desafios da transformação digital

Embora algumas empresas estejam trabalhando na otimização há muito tempo e estejam bastante avançadas, outras não. Isso irá variar dependendo do setor da indústria e das diferentes atividades de marketing. Recomendo que um bom ponto de partida seja auditar suas capacidades digitais – veja esta ferramenta desenvolvida por Dave Chaffey que permite que você faça uma revisão em uma escala de 5 pontos. Você também precisa revisar as barreiras, obstáculos e desafios para ver o que pode ter limitado o progresso e como isso pode ser superado.

O desafio para muitas empresas é que elas têm sistemas e processos estabelecidos há muito tempo. Muitos são focados no produto e não no cliente. Alguns sistemas estão enraizados no negócio e mudar esses sistemas é um desafio. É um desafio em muitos níveis:

1. Responsabilidade

  • O digital atinge diferentes áreas das empresas, então de quem é a responsabilidade?
  • Leva tempo para reorganizar, se for necessário.

2. Habilidades e compreensão

  • Os idosos, em alguns casos, sofrem de ‘medo do desconhecido’ e ‘negam a mudança, vendo as plataformas sociais como uma’ moda ‘ou sem importância.
  •  As habilidades necessárias para tecnologias mais recentes não são internas.
  • A estratégia digital não é compreendida; há uma apropriação de terreno para as páginas das redes sociais, sem considerar como funcionam, quem irá gerir e atualizar o conteúdo e responder aos clientes.

3. Táticas primeiro

  • O negócio está em modo reativo de combate a incêndio, lidando com os problemas à medida que eles ocorrem, sem uma estratégia real em vigor.
  • Outros departamentos dizem “precisamos de um aplicativo” sem considerar sua justificativa, benefício ou gerenciamento contínuo.

4. Agências

  • Onde as empresas usam várias agências, pode haver conselhos conflitantes.
  • As agências existentes das empresas podem não ter a profundidade de habilidades necessária, mas não há incentivo para trocar de agência.

5. Clientes

  • Os clientes estão definindo a agenda de comunicações, as equipes de RP estão lutando para gerenciar as comunicações.
  • Os clientes estão exigindo informações e recursos, fora da jornada de trabalho, quem quer lidar com isso?

Mudar de uma orientação de marketing tradicional para uma orientação de marketing digital parece opressor, então, onde é o melhor lugar para começar?

Uma definição de Transformação Digital

Então, qual é o escopo da transformação digital. Vejamos nossa definição de transformação digital, Dave Chaffey e James Carson explicam que essa transformação digital é:

 “Um programa em etapas de melhorias de negócios para Pessoas, Processos e Ferramentas usadas para marketing digital integrado para maximizar a contribuição potencial de negócios da tecnologia e mídia digital.”

Mas há outro problema. As empresas têm diferentes definições de estratégia digital . Alguns consideram a estratégia digital como abordagens de “adicionar um novo aplicativo móvel a seus negócios existentes ou desenvolver uma presença na mídia social” que a Forrester categoriza como ‘bolt-on’.

A confusão parece reinar com a falta de definições dentro das organizações. Um fator é certo: o digital continuará a ter um impacto maior na forma como as empresas operam.

Por que a transformação é necessária agora?

Então, por que estamos olhando para a transformação digital agora? Já é necessário há algum tempo, mas o imperativo é o crescimento do uso de dispositivos móveis,  que permite aos clientes fazer login instantaneamente no Facebook, Twitter, Pinterest e outras redes sociais. Ao fazer login, eles podem discutir abertamente problemas com e sobre sua empresa. Tablets e smartphones tornaram mais fácil deslizar e realizar uma série de atividades:

  • Solicite atendimento ao cliente
  • Reclamar
  • Peça por ajuda
  • Compartilhe boas notícias
  • Sugira o desenvolvimento de um novo produto
  • Procure ofertas

E como as empresas estão respondendo?

Isso depende do nível de adoção e compreensão digital da organização. Por exemplo, o varejista de longa data do Reino Unido, Marks & Spencer, lançou um novo site que não era popular entre os clientes. Ele usava um novo sistema que significava que os clientes precisavam se registrar novamente no site, mas eles não descobriram isso até tentarem adicionar produtos à cesta de compras e falhar várias vezes. Criou comentários negativos significativos online e o site foi culpado por suas vendas fracas, mas os clientes ainda reclamam, meses depois do lançamento do site.

Pode ser que o processo tradicional dentro desta organização para desenvolver um novo site exclua clientes no processo. Brian Solis da Altimeter tem conduzido pesquisas sobre ‘ Por que e como as organizações estão se adaptando para a experiência digital do cliente ‘ e ele comenta que “A transformação digital tem uma perspectiva verdadeiramente centrada no cliente que vence aquela que é principalmente centrada na tecnologia. Ele começa simplesmente perguntando: “o que meu cliente digital faria?” Ele continua perguntando e respondendo continuamente à pergunta. ”

Dados

A Marks & Spencer não está sozinha. A Forrester descobriu grandes desconexões entre os lados de marketing e tecnologia dos negócios, com respostas sinalizando uma “crise de execução de estratégia digital”. Suas descobertas foram baseadas em uma pesquisa com 1.591 líderes empresariais seniores no Reino Unido e nos EUA que ocorreu durante novembro de 2013 a janeiro de 2014. Isso revelou que 74% dos executivos afirmam que sua empresa tem uma estratégia digital, mas as descobertas indicam “grande disparidade” entre estratégias.

A PwC também conduz pesquisas em Transformação Digital. Sua 6ª Pesquisa Anual de QI Digital concluiu que:

“quase todas as organizações afirmam ser uma empresa digital, mas como nosso estudo revelou, apenas uma minoria está realmente lá.”

O estudo identifica os cinco comportamentos principais que dão às empresas a vantagem, permitindo-lhes maximizar o uso da tecnologia digital em toda a empresa e posicioná-las para um melhor desempenho. Eles chamam isso de QI digital.

O primeiro passo para a transformação

Se isso ressoa com você e talvez você seja a única voz digital em sua organização, tentando persuadir outras pessoas a agir, como você deve começar?

Comece com a apresentação do caso de negócios para a transformação. É conseguir adesão de um nível sênior, antes de tomar qualquer outra atitude. Como você faz isso?

Se você é uma empresa de pequeno ou médio porte:

  • Dê uma olhada em seus concorrentes. O que eles estão fazendo? Se as vendas deles estão aumentando e as suas não, este é um bom ponto de partida.
  • Dê uma olhada em seus clientes. Qual é o perfil demográfico deles? Se eles são um público mais velho, qual é o plano de sucessão? Como você está conquistando novos clientes?
  • Dê uma olhada em sua equipe. Onde eles estão gastando tempo gerenciando as consultas dos clientes, quais são os problemas que eles não conseguem resolver? Essas oportunidades de vendas podem ser perdidas.

Se você estiver em uma empresa ou empresa maior:

  • Encontre outros defensores digitais. Você precisa de uma equipe para obter a adesão de organizações maiores.
  • Quando você encontrar os defensores, forme um grupo de trabalho e faça um projeto piloto em um projeto digital. Idealmente em um departamento ou área. Portanto, quando outros departamentos dizem “não vai funcionar aqui”, você pode fornecer a eles evidências de sua própria organização.
  • Isso pode demorar mais, mas leva tempo para fazer mudanças significativas em organizações maiores. A menos que você possa identificar um campeão digital que esteja disposto a abraçar o digital.

Portanto, concentrei-me principalmente no “o quê” e no “porquê” neste artigo. O que voce pensa sobre tudo isso? Escreva seu comentário abaixo.

a-psicologia-das-cores-1024x683

Cores das Redes Sociais

Aqui está nosso guia de cores de mídia social para as principais marcas sociais e de tecnologia. Cada entrada tem o valor principal HEX e RGB para cada plataforma de mídia social, além de cores secundárias e de destaque listadas abaixo.

Eles foram obtidos a partir das diretrizes oficiais da marca para cada plataforma de mídia social, onde quer que existisse uma diretriz da marca. As cores da marca nesta página foram auditadas e atualizadas pela última vez em 16 de julho de 2020.

Facebook
HEX: #3b5998
RGB: 59, 89, 152

Twitter
HEX: #00aced
RGB: 0, 172, 237

Google+
HEX: #dd4b39
RGB: 221, 75, 57

YouTube
HEX: #bb0000
RGB: 187, 0, 0

Linkedin
HEX: #007bb6
RGB: 0, 123, 182

Instagram
HEX: #517fa4
RGB: 81, 127, 164

Pinterest
HEX: #cb2027
RGB: 203, 32, 39

Quora
HEX: #a82400
RGB: 168, 36, 0

Flickr (rosa)
HEX: #ff1981
RGB: 255, 25, 129

Flickr (azul)
HEX: #006add
RGB: 0, 106, 221

Tumblr
HEX: #385774
RGB: 56, 87, 116

VK
HEX: #45668e
RGB: 69, 102, 142

Vimeo (azul)
HEX: #20b9eb
RGB: 32, 185, 235

Vimeo (verde)
HEX: #aad450
RGB: 170, 212, 80

Foursquare
HEX: #0072b1
RGB: 0, 114, 177

Adobe
HEX: #ff0000
RGB: 255, 0, 0

deviantART (verde)
HEX: #627870
RGB: 98, 120, 112

deviantART (amarelo)
HEX: #bbd353
RGB: 187, 211, 83

AIM
HEX: #fdd500
RGB: 253, 213, 0

Amazon
HEX: #ff6600
RGB: 255, 102, 0

Android
HEX: #a4c639
RGB: 164, 198, 57

Behance
HEX: #1769ff
RGB: 23, 105, 255

Bing
HEX: #fcd116
RGB: 252, 209, 22

Blogger
HEX: #f57d00
RGB: 245, 125, 0

bitly (laranja)
HEX: #ee6123
RGB: 238, 97, 35

bitly (azul)
HEX: #61b3de
RGB: 97, 179, 222

Coca-Cola
HEX: #ed1c16
RGB: 237, 28, 22

Orkut
HEX: #f82790
RGB: 248, 39, 144

Dropbox
HEX: #007ee5
RGB: 0, 126, 229

Excel
HEX: #008641
RGB: 0, 134, 65

Google (ícone)
HEX: #4c89e3
RGB: 76, 137, 227

HTML5
HEX: #e34f26
RGB: 227, 79, 38

Last FM
HEX: #c3000d
RGB: 195, 0, 13

LinkedIn
HEX: #0976b4
RGB: 9, 118, 180

McDonald’s (vermelho)
HEX: #d3222a
RGB: 211, 34, 42

McDonald’s (amarelo)
HEX: #ffc82d
RGB: 255, 200, 45

PayPal 1
HEX: #253b80
RGB: 37, 59, 128

PayPal 2
HEX: #179bd7
RGB: 23, 155, 215

PowerPoint
HEX: #f04e23
RGB: 240, 78, 35

Rdio
HEX: #007dc3
RGB: 0, 125, 195

RSS
HEX: #f26522
RGB: 242, 101, 34

Skype
HEX: #00aff0
RGB: 0, 175, 240

Spotify
HEX: #7ab800
RGB: 122, 184, 0

Twitch.tv
HEX: #6441a5
RGB: 100, 65, 165

Word
HEX: #0054a6
RGB: 0, 84, 166

WordPress.org
HEX: #464646
RGB: 70, 70, 70

WordPress.com
HEX: #1e8cbe
RGB: 30, 140, 190

Yahoo!
HEX: #400191
RGB: 64, 1, 145

Xbox
HEX: #107b11
RGB: 16, 123, 17

PlayStation
HEX: #0069c1
RGB: 0, 105, 193

Windows 8
HEX: #00bcf2
RGB: 0, 188, 242

Linux Ubuntu
HEX: #dd4814
RGB: 221, 72, 20

WhatsApp
HEX: #34af23
RGB: 52, 175, 35

Windows Phone
HEX: #68217a
RGB: 104, 33, 122

Ask.fm
HEX #93ce00
RGB 147, 206, 0

eBay (vermelho)
HEX #e43137
RGB 228, 49, 55

eBay (azul)
HEX #0063d1
RGB 0, 99, 209

eBay (amarelo)
HEX #f4ae01
RGB 244, 174, 1

eBay (verde)
HEX #85b716
RGB 133, 183, 22

StackOverflow (laranja)
HEX #f47a20
RGB 244, 122, 32

StackOverflow (cinza)
HEX #818185
RGB 129, 129, 133

Google logo (vermelho)
HEX #da4d39
RGB 218, 77, 57

Google logo (azul)
HEX #1166e8
RGB 17, 102, 232

Google logo (amarelo)
HEX #ffc113
RGB 255, 193, 19

Google logo (verde)
HEX #009c58
RGB 0, 156, 88

About.me
HEX #00405d
RGB 0, 64, 93

bio-instagram-2

Como configurar uma conta profissional no Instagram?

No Instagram, você pode converter seu perfil pessoal em uma conta profissional para acessar recursos que podem ajudar a expandir seus negócios.

Para mudar seu perfil para uma conta profissional:

  1. Acesse seu perfil e toque em  no canto superior direito.
  2. Toque emConfigurações.
  3. Toque em Conta.
  4. Toque em Mudar para conta profissional.
  5. Toque em Empresa.
  6. Se desejar, siga as etapas para conectar sua conta profissional a uma Página do Facebook associada à sua empresa. Essa etapa é opcional e facilitará o uso de todos os recursos disponíveis para empresas na família de aplicativos do Facebook. No momento, somente uma Página do Facebook pode ser conectada à conta profissional.
  7. Adicione detalhes, como a categoria da empresa e informações de contato.
  8. Toque em Concluir.

Com uma conta profissional, você terá acesso a recursos comerciais e às Informações do Instagram. Essas ferramentas ajudam você a entender quem está interagindo com sua empresa no Instagram.

Você também tem a opção de exibir ou ocultar a categoria da empresa e as informações de contato em seu perfil. Após a configuração, acesse seu perfil e toque em Editar perfil. Vá para Exibição do perfil sob Informações comerciais públicas para escolher se deseja ocultar ou exibir o rótulo da categoria e as informações de contato. Em seguida, toque em Concluir.